A CURA DAS DOENÇAS | Terapias Naturais

cura-natural-para-acne
A cura de qualquer doença acontece depois de algum tempo após o início do tratamento, nunca da noite para o dia. Normalmente os sintomas da doença tendem a desaparecer após uma medicação adequada, mas as causas vão continuar latentes no organismo durante um certo tempo. Se o tratamento for alopático, é quase certo que vai haver uma recaída, ou uma recidiva, como é comum no linguajar da medicina alopática. Por isso é importante o paciente escolher o tipo de medicina que ele quer usar ao constatar que contraiu uma doença, seja um resfriado ou algo mais sério. Algumas doenças se manifestam quando o sistema de defesa está enfraquecido por algum motivo; outras vezes elas surgem em função de uma janela que se abre quando se usa ou consome algo contaminado, que desencadeia uma série de fatores que coloca o corpo em risco ao contaminar ou bloquear o funcionamento de um órgão interno.

Em qualquer dos casos a escolha do tipo de medicina é fundamental no tratamento.

Os medicamentos alopáticos vão tratar os efeitos, por isso os sintomas vão desaparecer em poucos dias caso a doença não seja degenerativa. Caso a doença seja diagnosticada como câncer, a situação é outra, devido aos procedimentos que antecedem os tratamentos. Os exames, por mais sofisticados que sejam, vão sempre apontar a necessidade de uma rápida intervenção cirúrgica; tratamentos a base de quimioterapia, radioterapia, antibióticos, analgésicos, etc.

Nas Medicinas Alternativas os tratamentos são holísticos. Trata-se o paciente como um todo, e esse todo tem uma doença que precisa ser curada. No entanto, o tratamento não tem os efeitos como alvo, pois ela, a doença, é apenas uma parcela do todo que precisa de cuidados. Por isso os tratamentos alternativos são mais demorados. Cura-se o paciente de uma forma integral: Corpo, mente e alma.

A Medicina Alternativa não trabalha de forma curativa, receitando remédios para eliminar os efeitos; a cura acontece de forma natural, ou melhor, é uma autocura. Toda ela é voltada para uma medicina completa, holística, preventiva.

Esta forma de trabalho coloca o paciente cara a cara com a doença e suas manifestações evolutivas, mostrando que a doença é uma professora e que ela está ensinando ao paciente uma outra maneira de ver e viver a vida, de forma mais responsável com seu veículo de manifestações físicas. É a doença ensinando a viver de forma saudável. É a causa e o efeito indicando a necessidade de uma mudança de postura em relação à vida e a forma de vivê-la.

Sendo a alimentação a base da nossa saúde, nada mais natural do que a medicina ensinar o que comer, como comer e o que deve ser evitado como alimento.

Este é o modo de curar da Medicina Alternativa.

Caso uma doença já esteja instalada, a melhor atitude é procurar um profissional da saúde, seja ele da Medicina Alopática ou da Medicina Alternativa.

Existem doenças que o próprio organismo neutraliza e cura em poucos dias, outras dependem de medicamentos, ou mudanças na alimentação e/ou cuidados específicos da Medicina Alternativa

CÂNCER: Como já foi dito anteriormente, o câncer é uma infestação de fungos queataca o corpo quando o mesmo está ácido, com o pH abaixo de 7.2 – lembrando que o ideal é que o pH do sangue esteja entre 7,35 e 7,45.

O que é feito? O tratamento alopático é feito, normalmente, com cirurgia,quimioterapia, radioterapia, cobaltoterapia e um monte de remédios que contribuem, na maioria dos casos, para o óbito do paciente.

O tratamento alternativo: Na Terapia do Dr. Tullio Simoncini e do Dr. Mark Circus,o tratamento é feito com uma solução de bicarbonato de sódio que é administrado diretamente no tumor, se possível. Caso contrário, pode ser administrado por arteriografia seletiva, que basicamente significa selecionar artérias específicas através dos quais a solução é administrada, que subseqüentemente dissolve o tumor.

A Arteriografia seletiva representa uma poderosa arma antifúngicos que é indolor, não deixa efeitos secundários e os riscos são muito baixos. É possível atingir quase todos os órgãos com uma solução de bicarbonato de sódio, resultando em um tratamento sem efeitos colaterais, sendo rápido e eficaz.

Sendo o câncer uma infestação de fungos por acidez do organismo, a terapia do limão ajuda a reduzir a acidez e promove a alcalinização das células, impedindo a proliferação dos fungos e permitindo ao sistema de defesa a eliminação das colônias.

Na Terapia do Dr. Max Gerson, o tratamento é holístico. Trata-se o paciente como um todo, elevando seu pH através de uma alimentação natural a base de frutas, legumes e verduras orgânicas, além de fazer uma desintoxicação geral através de enema a base de café orgânico na temperatura corporal.

Como em todo tratamento da Medicina Alternativa, a alimentação crua e viva, a base de vegetais como as algas e a quinua, fazem parte dos cuidados com o corpo que agilizará a cura, além de criar para o paciente uma nova filosofia de vida saudável.

ESCLEROSE MÚLTIPLA: A Esclerose Múltipla, para a medicina alopática, é umadoença autoimune, que afeta o cérebro e a medula espinhal (sistema nervoso central). Esta é a descrição dos efeitos, pois a causa é a falta de Vitamina D no organismo. A doença se manifesta quando os níveis de vitamina D estão abaixo de 10 ng/ml – lembrando que o ideal é entre 50 – 100 ng/ml.

O que é feito? Os objetivos do tratamento alopático são para abreviar a fase aguda dadoença e aumentar o intervalo entre os surtos. Para a primeira fase adota-se os corticosteróides, para reduzir a intensidade; depois usa-se os imunossupressores e imunomoduladores que ajudam a espaçar os episódios de recorrência. Os interferons e corticóides usados são altamente tóxicos e doloridos, necessitando ainda de muitos outros medicamentos para controle dos danos colaterais, como a falta de controle dos esfíncteres, depressão, fadiga, visão dupla, dor facial, espasmos musculares, etc.

O tratamento alternativo: Sendo a Esclerose Múltipla provocada pela deficiência deVitamina D no organismo, combinada com os efeitos danosos dos produtos lácteos, a forma mais eficiente de tratamento, dentro da Medicina Alternativa, é a reposição da vitamina D e o corte do leite e dos seus derivados.

A reposição da vitamina D é feita utilizando sua fonte primária, o sol. Banhos de sol diários entre 7 e 11 horas da manhã, durante 15 minutos. Como o organismo encontra-se deficiente desta vitamina, faz-se a reposição oral também, com doses diárias estabelecidas pelo Profissional responsável pelo tratamento do paciente.

Este tratamento não possui efeitos colaterais, é de curta duração e seu custo é muito baixo se comparado ao tratamento alopático.

AIDS: Para os laboratórios farmacêuticos, a AIDS, como as outras grandes doençastipo câncer, esclerose múltipla e diabetes é um excelente negócio. Ganha-se de todos os modos.

Após um teste fraudulento em que se apóia a mentira do HIV, todo o sistema de saúde passa a ganhar muito dinheiro com uma doença inexistente.

O que é feito? O tratamento base é feito com o famoso coquetel AZT. Existem outrosmedicamentos que fazem parte do tratamento e que podem ser classificados como parte do coquetel.

Vários profissionais da área médica criticaram o uso do AZT pelos efeitos negativos à saúde e a morte prematura dos pacientes, tendo a Burroughs-Welcome Pharmaceutical proposto diminuir as dosagens do AZT, permitindo aos pacientes um pouco mais de tempo antes de irem a óbito, o que ocorre em 100% dos casos para quem usa o coquetel.

O tratamento alternativo: O paciente aidético ao procurar um tratamento alternativo,só o faz quando percebe que não vai conseguir viver por muito tempo e que os remédios, ao invés de curá-lo, estão acabando com a sua vida. Por isso, mesmo com o tratamento alternativo, alguns pacientes vão a óbito. O corpo já não tem condições de se recuperar.

Quando existem condições adequadas, a primeira providência é suspender o AZT e os outros componentes do coquetel. Medica-se o paciente com cápsulas de carvão vegetal para agrupar e excretar os elementos químicos do coquetel; gotas de óleo essencial de limão, rico em D-Limoneno, para eliminar microorganismos que saturam o sistema imunológico; multimistura, para fortalecer o organismo; terapia do limão, para alcalinizar o sangue e recompor o pH; meditação da respiração, para organizar os corpos físico, mental e astral; Alimentação crua e viva, para repor no organismo os ingredientes necessários à sua manutenção física, sua recomposição física e mental.

DIABETES: Como foi explicado, existem dois tipos de diabetes. O diabetes tipo 1 éuma disfunção metabólica provocada por vacinas e consumo de leite, que resulta em destruição das células beta, do pâncreas, que produzem insulina, obrigando o paciente a tomar insulina por toda a vida. O tipo 2 é típico do adulto, quando o intestino delgado apresenta dificuldade para produzir os hormônios GIP e GLP1, no duodeno e no íleo, dificultando a ação das células beta em produzir insulina.

O que é feito? Os tratamentos alopáticos se baseiam na prescrição de hormônios e deinsulina, tanto para o tipo 1 como para o 2. Um estudo Francês, publicado no Science Direct, aponta a cirurgia de redução de estômago (Gastroplastia) para controlar a obesidade e o diabetes tipo 2. Um outro estudo, de Francesco Rubino, levou à criação de uma cirurgia de intestino para pessoas não obesas, que constitui na troca da secção 3 (íleo) do intestino delgado, próxima ao intestino grosso, para a posição do meio (jejuno), onde recebe um maior volume de nutrientes e pode assim, produzir o hormônio GLP1. Caso as células beta não produzam a quantidade suficiente de insulina, o médico receita a insulina sintética e outros medicamentos como inibidores de enzimas DPP-IV, e também o GLP1 sintético.

O tratamento alternativo: Em ambos os tipos de diabetes, a primeira providência écortar o uso de leite e seus derivados, visto que eles aumentam a incidência do diabetes. O tratamento base para o diabetes é uma alimentação crua, viva e orgânica, com o uso de superalimentos como as algas Kombu, que é uma fonte rica de Ácido glutâmico; Nori, que é rica em proteína, cálcio, ferro, vitaminas A, B, e C. Ela contém duas vezes mais proteínas do que alguns tipos de carne; Spirulina, que é rica em ácido gama-linolênico; a Chlorella, que contém uma grande quantidade de clorofila, que elimina as toxinas e metais pesados e também a Quinua, considerada um dos mais completos alimentos da natureza. Os alimentos crus ajudam e fortalecem o organismo de todas as maneiras porque contêm enzimas, os elementos vivos básicos e vitaminas que se combinam de forma natural, dissolvendo e eliminando as toxinas e ajudando o corpo a se recompor.

DOENÇA DE CROHN: A doença de Crohn é uma doença causada por uma bactériaque se multiplica no leite quando a vaca está com paratuberculose, ou “Mal de Johne”. Ao consumir o leite contaminado o ser humano passa a ser o hospedeiro da bactéria, resultando dai a Síndrome do Intestino Sensível ou Doença de Crohn. Os sintomas mais comuns da doença são dores abdominais, diarréia, perda de peso e febre.

O que é feito? Para a medicina alopática esta doença não tem cura e o tratamento visaaliviar os sintomas e melhorar a qualidade de vida. Os remédios mais usados são injeções de Cortisona, comprimidos de Cloridrato de Loperamida, Cloridrato de Difenoxilato e Sulfato de Atropina, para combater a colite ulcerativa, comprimidos de Atropina e imunodepressores, como os corticosteróides, podendo, em alguns casos, haver cirurgia com excisão das partes mais afetadas. Para alguns médicos esta doença é auto-imune e, para outros, ela e a colite ulcerosa são duas manifestações de uma mesma patologia intestinal.

O tratamento alternativo: Na Medicina Alternativa esta doença é tratada comLimoneno, uma substância química encontrada nas cascas de frutas cítricas como limão e laranja. Nas suas fórmulas naturais os óleos essenciais de limão, que são ricos em D-Limoneno e L-Limoneno, não causam efeitos colaterais, e a dosagem usada é de 400 a 1.000 mg, ou 10 a 25 gotas diárias, por um período de 10 a 30 dias. Outras posologias podem ser usadas a critério do Aromaterapeuta ou outro profissional familiarizado com a terapia.

Outra forma de uso do Limoneno é bastante primitiva, porém eficaz. Corta-se um limão em oito partes e bate no liquidificador com um pouco de água. Após ser triturado, abrir a parte superior do aparelho (ligado) e sugar o conteúdo volátil do limão e engolir com a saliva. Este processo deve ser repetido de duas a cinco vezes. Após desligar o aparelho, coar o suco e tomá-lo puro, sem adoçante. Este processo deve ser feito durante 10 dias após desaparecerem os sintomas da doença.

Cortar o uso de leite e seus derivados e adotar uma alimentação naturalista, ou na proporção indicada por Edgar Cayce, de 20% ácida e 80% alcalina, conforme explicado no tópico sobre alimentação.

CÂNCER DE COLO DE ÚTERO – HPV

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de colo de útero mata mais de 230.000 mulheres por ano no mundo. No Brasil, em 2007 ele matou 4.691 mulheres. Estima-se que ocorra mais de 20.000 casos da doença para cada grupo de 100 mil mulheres. Ou seja, 20% de mortes para cada grupo de 100 mil. Isto é um verdadeiro absurdo! Ainda segundo o Inca, o sucesso no tratamento é de até 100% na maioria dos casos, desde que façam o exame de papanicolau.

Segundo o Inca, o HPV (papiloma Vírus Humano) é tratado como uma Doença Sexualmente Transmissível (DST). Por ser úmida e quente, a vagina torna-se um ambiente ideal para a proliferação do vírus HPV.

Segundo o ginecologista Wagner José Gonçalves, da Unifesp, o câncer de colo de útero demora em média de 5 a 10 anos para se desenvolver do primeiro estágio ao mais grave. Para ele, a prevenção seria fazer o exame de papanicolau, apesar das falhas que o exame apresenta.

Para Wagner, apenas 19% das brasileiras fazem o exame e boa parte da população desconhece sua importância. Não há cura para o HPV, arremata ele.

O que é feito?

Para a medicina alopática o HPV não tem cura, sendo tratado como uma doença sexual. O volume de mortes impressiona, tanto pelos números quanto pela falta de responsabilidade dos médicos alopatas. Falar que apenas 19% das mulheres fazem exames e que o papanicolau apresenta falhas, é no mínimo imoral, pois as mortes continuam ocorrendo. Não seria o caso de se questionar o tratamento? Quantas pessoas tem acesso à saúde no Brasil? Quantas pessoas tem dinheiro para comprar remédios no Brasil?

O tratamento na medicina alopática, na sua fase inicial, é uma cirurgia simples em que se faz, apenas, a retirada do colo do útero. Se as lesões forem mais graves, retira-se o útero inteiro, mais os ovários e as trompas e faz aplicações de quimioterapia e radioterapia. Para a medicina alopática e para o ginecologista da Unifesp, este tratamento é eficiente.

Ou seja, mutila-se uma pessoa e elimina todas as suas possibilidades de engravidar. Para mim isto não é medicina! Isto é um crime que deveria ser punido com cadeia!

O tratamento alternativo: Na Medicina Alternativa o tratamento é feito com umasolução de bicarbonato de sódio a 20%, na proporção de 1 litro de água para 200 gramas de bicarbonato. Com uma pêra de borracha, suga-se a solução dissolvida e aplica-se o produto no interior da vagina de duas a cinco vezes ao dia durante dez dias. Após uma semana, fazer mais duas aplicações ao dia, durante 10 dias. No dia seguinte ao da última aplicação, fazer uma única aplicação de iodo a 7% , por cinco minutos e na sequência fazer duas aplicações de água pura para lavar.

Toda manifestação de fungos, vírus ou bactérias é motivada pela acidez do organismo. A terapia do limão ajuda a reduzir a acidez e promove a alcalinização das células, impedindo a proliferação dos agentes patogênicos causadores das infecções.

.Em corpo alcalino não existe doença. Onde tem acidez, também tem doença.

O câncer e a maioria das doenças não matam, as drogas usadas para combater as doenças sim. Elas são as vilãs da história, ou melhor, são as justificativas para o óbito. Tudo isso acontece pela falta de informação das pessoas. Ter dinheiro, ser famosa como Angelina Jolie ou morar em uma favela, apenas nivela a desinformação. Ela, Angelina, pagar os caríssimos exames, fazer mastectomia e permitir a divulgação do fato como algo que deve ser rotineiro na vida das pessoas, é, no mínimo, uma grande burrice. É contribuir com a ignorância!

A ciência conhece menos de 0,02% sobre a cadeia de DNA e seu funcionamento, por isso, quando vejo pessoas aceitarem, sem questionamento, esse tipo de informação, é porque algo de muito sério e ruim está acontecendo ou vai acontecer.

A Dra. Ghislaine Lanctot, em seu livro “A Máfia Médica”, coloca em cheque os serviços médicos hospitalares; a posição mafiosa dos laboratórios multinacionais; membros de governos e até a OMS pela sua cumplicidade no lucro fácil e na ganância desenfreada das pessoas e empresas vinculadas à saúde.
Existem outras vozes no cenário mundial combatendo a mesma máfia da saúde, como a Dra. Tereza Forcades, freira e doutora em saúde pública, uma opositora feroz das artimanhas dos laboratórios farmacêuticos em vender drogas como vacinas que, ao invés de imunizar, cria uma série de outras doenças.
Portanto, se você quer ter uma vida longa, um corpo saudável e uma mente sã, precisa cuidar da sua alimentação e ter alguns cuidados no seu dia a dia. Nossas atitudes e os cuidados com o corpo é que vão responder pela doença ou pela saúde. Por isso, siga as recomendações a seguir:
Iniciar o dia com um suco verde, suco desintoxicante ou suco de limão (Terapia do Limão);
Fazer uma alimentação saudável e moderada;
Fazer caminhadas, preferencialmente pela manhã, quando a qualidade do ar é melhor; Tomar sol, sem protetor solar, entre 07 e 11 horas durante 15/30 minutos;
Fazer exames periódicos de sangue para controle da Vitamina D e Nível de pH; Ouvir músicas que lhe proporcione bem estar;
Ler ou ouvir piadas e dar boas gargalhadas;
Meditar o “Não Pensar” (deixar a mente vazia) uma ou duas vezes por dia; Não julgar o comportamento de outras pessoas;
Ter sempre uma palavra gentil, amorosa e amiga para alguém ao seu lado; Usar sempre da gentileza para com o próximo;
Em qualquer lugar, seja Luz!

Obs.: As informações aqui apresentadas não devem ser usadas sem antes consultar um profissional de saúde. A Medicina Alternativa está preparada para atender todos os casos em que o restabelecimento da saúde seja necessário.

Fonte: O Livro Vermelho da Saúde

Curas Naturais

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s